Wesley Safadão faz show em Natal e mostra que é possível retorno de eventos seguindo protocolos

 Wesley Safadão faz show em Natal e mostra que é possível retorno de eventos seguindo protocolos
Compartilhe
Pub - Inferior notícias

O cantor Wesley Safadão mostrou, na noite deste sábado (21), que é possível sim realizar um grande evento seguindo todos os protocolos de saúde e segurança recomendados pelas autoridades. Prova disso foi a realização do “WS Limited”, na Arena das Dunas, em Natal, Rio Grande do Norte. 

Com as atenções de muitos governantes do Brasil voltadas para o evento, Safadão subiu ao palco montado a céu aberto na Arena e cantou por 5 horas para 3 mil pessoas, em uma edição especial do “WS Limited”.

Voz ativa e manifestante do direito à volta de eventos e shows pelo país, Safadão, que já contraiu Covid-19, também se mostra preocupado com a saúde e o bem-estar das pessoas. 

“Eu não levanto bandeira da irresponsabilidade, eu prezo pela vida de cada ser humano e, é por isso, que eu continuo dizendo que não podemos parar, que todos juntos conseguimos sim fazer um grande espetáculo com segurança. Afinal, como diz Arlindo Cruz – O Show tem que continuar”, disse.

Após quase nove meses com toda a cadeia produtiva da industria do entretenimento parada, a apresentação do cantor ganhou força antes mesmo do show começar. Artistas, empresários e pessoas que acreditam na volta responsável dos eventos, fizeram circular vídeos e fotos feitos durante o processo de montage mostrando a megaestrutura e o respeito aos protocolos de segurança. 

“Muitas famílias dependem disso aqui, quando eu bati o pé e disse que iria fazer esse show, não estava falando do Safadão somente, mas de milhares de pessoas que vivem dos eventos, dos shows. Quantos pais e mães hoje não puderam voltar pra casa felizes de ter como comprar comida pra colocar na mesa?”, questinou.

Recentemente, empresários que atuam na Bahia e em outros estados do Brasil, e que atuam com artistas como o próprio Safadão, Ivete Sangalo, Léo Santana e Marília Mendonça, concederam entrevista ao BNews cobrando do poder público providências para a categoria e afirmando categoricamente que têm condições de realizar eventos com toda a segurança.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores