Demitido da Globo, Stênio Garcia e esposa acusam autor de novelas de boicote na emissora

 Demitido da Globo, Stênio Garcia e esposa acusam autor de novelas de boicote na emissora
Compartilhe
Pub - Inferior notícias

Stênio Garcia foi a personalidade do quadro “Por Onde Anda?” do Domingo Espetacular deste domingo (20), na Record TV. O ator concedeu entrevista na chácara onde mora com a esposa Marilene Saade, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A reportagem abordou o episódio da demissão de Stênio da Globo, em março deste ano, onde era contratado desde 1973: “Num primeiro instante, a gente não acreditava muito. Falei: ‘Péra lá, tem coisa errada ai!’ É que o ator no Brasil ele é considerado velho depois de um determinado tempo. Então, será que é isso? Você fica achando logo que a culpa é de você, da sua figura. Eu apenas tive um tempo para constatar. Mas num primeiro instante eu não acreditava muito”, lembrou. “Por causa da angústia a pressão subiu. Foram várias internações”, disse Marilene. 

Para o casal, Silvio de Abreu é o grande responsável pela demissão do ator. Segundo a mulher de Stênio, o autor e diretor o perseguia na emissora. “Quem está com a caneta na Globo é o Sylvio de Abreu. E ele riscou o nome do meu marido. E a gente soube por autores, não vou falar nomes, que tentaram, por diversas vezes escalar o Stênio, e o Silvio de Abreu: ‘Olha, se começar a insistir eu tiro a sua novela’”, declarou. 

Segundo a matéria do Domingo Espetacular, essa perseguição se deve ao fato de que Stênio foi casado com a atriz Cleyde Yaconis e que não tiveram um fim de relacionamento harmonioso. Silvio, que era amigo de Cleyde, tomou as dores para ele: “Eu separei da Cleyde de uma maneira muito cruel, sob o ponto de vista dele. Depois eu conversei e acabei ficando amigo dela. Quando ele tomou uma posição de direção artística… ele era um diretor, autor que não sabia escrever para mim, não queria escrever ou não gostava. De repente ele me achava baixinho, feio sei lá…isso é uma brincadeira que eu faço. Mas a verdade é que não entrei muito. Cheguei a fazer alguns trabalhos com ele. Sempre me dediquei. Quis fazer bem”, contou o ator. 

O programa também colheu depoimentos de atores que elogiaram a carreira de Stênio. Cassia Linhares, Eri Johnson, Rafael Sardão, Dudu Azevedo e Beth Goulart falaram do ator. No final, Stênio disse que não pretende parar de trabalhar e mandou uma ‘mensagem indireta’ aos diretores de elenco da Record TV: “Vou correr atrás. Só sinto prazer quando estou representando um personagem que conta história que outros escreveram. Hoje tem televisões maravilhosas aqui no Brasil que você pode trabalhar. Por exemplo: eu acho a televisão de vocês fantástica. E ela tem feito coisas muito boas. Quem sabe um dia ainda vou trabalhar lá?”.

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores