Alagoinhas avança na avaliação do Ideb, mas não alcança meta estimada no ensino fundamental e médio

 Alagoinhas avança na avaliação do Ideb, mas não alcança meta estimada no ensino fundamental e médio
Compartilhe
Pub - Inferior notícias

Apesar de ter registrado aumento no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb), nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio, Alagoinhas não alcançou as metas estabelecidas para 2019.

Medido a cada dois anos, o Ideb é o principal indicador de qualidade da educação brasileira.

O índice registrado nos anos iniciais no país passou de 5,8 em 2017 para 5,9, em 2019, superando a meta nacional de 5,7, considerando tanto as escolas públicas quanto as particulares. Nos anos finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, avançou de 4,7 para 4,9. No entanto, ficou abaixo da meta fixada para a etapa, 5,2. No ensino médio, passou de 3,8 para 4,2, ficando também abaixo da meta, que era 5.

De acordo com os resultados, em Alagoinhas, a nota de metas projetadas para 4ª serie/5º ano era de 4.9, mas a meta alcançada foi de 4.7, se comparado ao ano de 2017 onde foi alcançada nota de 4.2, ultima avaliação do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb), o município conseguiu avançar na educação.

O mesmo ocorreu nas notas projetadas para a 8ª serie/9ºano onde a meta era 4.7, e a nota alcançada foi 3.8 na avaliação do Ideb.

Na avaliação do Ideb, as escolas da 4ªserie/5ºano que tiveram o melhor desempenho foram as escola municipal Alagoinhas IV com 5.2, escola municipal Gonçalo Muniz com 5.7, escola municipal Jardim Petrolar com 5.6, escola municipal Jose Honorato com 5.8.

O cenário é bem diferente nas turmas da 8ªsérie/9°ano, nenhuma das unidades escolares alcançou a meta de 5.0, as séries apresentaram um melhor resultado se comparado ao ano de 2017, mas sem atingir as meta projetada para o ano de 2018/2019.

Matéria: Patrícia França

Fonte: Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb).

*Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores